making plans for nigel

na imagem acima o papel em baixo à esquerda refere-se à prova de entrega da proposta para o concurso de concessão de espaço na escola das gaivotas a 21 de setembro de 2012.

o district of new art vai ser uma espécie de posto de turismo da arte contemporânea em lisboa, mas esta provocação não resume nem de longe tudo o que queremos enfiar naqueles 500m2 de História comum. o palácio alarcão, nome próprio da escola das gaivotas, é um edifício seiscentista implantado na antiga praia da boavista, hoje largo do conde barão, nome do título nobiliárquico do dono do vizinho palácio alvito, à altura também com acesso direto à praia, que nesta altura serviria de esgoto.

o número 6 da rua das gaivotas foi sede do instituto irene lisboa e do sindicato único dos professores, criado após a revolução. antes disto tudo foi sede da liga 28 de maio, cujas funções incluíam a promoção da comemoração do dia em que o professor havia sido nomeado ministro das finanças. teria, no climax, mais de dez mill associados. no número 4 terá sido a sede do clube nacional de natação e nos dois, recentemente, a sede da marcha da bica, que é linda.

geograficamente inserido numa zona historicamente privilegiada, o imóvel necessita de obras de reabilitação e adaptação às novas funções.

o eixo são paulo / rua da boavista, apesar de pertencer à frente tejo da baixa lisboeta, apresenta deficiências ao nível da coesão social e do sentimento de pertença, fruto talvez da longa ocupação comercial da zona por empresas especializadas, pouco promotoras de dinâmicas sociais de qualidade, estando mesmo classificado pelo pelouro da habitação da cml como zona de intervenção prioritária.

este cenário tem vindo a mudar com a ocupação destas lojas, agora vazias, por iniciativas relacionadas com as industrias criativas, mas também com a revitalização do cais do sodré enquanto espaço de fruição noturna, tornando-se pólo de atração turística e promotor do surgimento de novos modelos de negócio.

o district of new art pretende promover a agregação de iniciativas e uniformizar a comunicação destas através da construção de uma rede formal de programação. mais do que angariar eventos, queremos dar a conhecer o que é feito a quem procura o que fazer e onde ir a quem vai.

a partilha de públicos poderá promover novas e pertinentes interações entre agentes e públicos, e a comunicação, feita de forma eficaz, será promotora da criação de novos públicos, trazendo mais gente à zona do conde barão, da freguesia de são paulo e da futura freguesia da misericórdia.

a criação artística, como qualquer outra área essencial da construção de sociedades, deve ter uma contribuição efetiva e ativa no processo de desenvolvimento comunitário, promovendo novas dinâmicas sociais e económicas. queremos provar que é possível fazê-lo com pouco dinheiro. e que a crise não é razão para estar parados.

neste primeiro ano – a concessão é de 5 – prevê-se reabilitar o piso -1 e implementar uma rede formal a par com uma programação artística regular. a reabilitação do imóvel está a cargo do atelier artéria que também desenvolverá um serviço pedagógico de acompanhamento do processo para alunos da escola das gaivotas.
há compromissos muito claros com as áreas de formação e de responsabilidade social, mas também de criação e internacionalização.

para o primeiro ano de programação, estabeleceram-se parcerias com base em benefícios comuns com iniciativas sedimentadas e emergentes, primando por uma linguagem transversal e contemporânea, promotora de diálogo, e assegurando que é aqui que se acede ao novo e novíssimo.

enquanto tudo isto se vai fazendo, há milhares de coisas que ainda agora estão a nascer e essa coisa é que é linda.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s